domingo, 21 de agosto de 2011

As frutas “mais preferidas” do Rafael


O Rafinha e suas maçãs "grandonas".


Esses dias, arrumando caixas antigas, encontrei dois bordados em ponto cruz que comecei, mas deixei inacabados, há muitos anos. Um deles, ainda com a agulha que utilizava à época, já enferrujada! lol

 

Eu pretendia mandar emoldurá-los para a cozinha, mas nunca os conclui. Quando os encontrei, chamaram a atenção o estado de conservação do cânhamo (sem manchas amareladas) e a firmeza das cores (são realmente muito, muito antigos, devem ter mais de quinze anos).


Malus pumila! lol

 

Lembrei que aqueles bordadinhos foram um desafio pela quantidade de cores. A maçã e a pêra tentam representar, realisticamente, as cores de seu amadurecimento. Logo abaixo, o nome científico da planta e um esboço de seu interior, como se fosse a gravura de um livro de botânica. Lindo, lindo...


Vejam o detalhe da agulha enferrujada... lol

 

A coincidência é que elas são, exatamente, as frutas “mais preferidas” do meu pequenininho. Dá gosto de ver ele na pontinha dos pés tentando alcançar as maçãs e as pêras na fruteira. As mãozinhas pequenas segurando maçãs “grandonas” ou o pedido por uma pêrinha “descascadinha”.


É uma maçã muito grande para uma boca tão pequenina... 

Quando eu era pequena, maçãs eram luxos para quando estivéssemos doentes. Meu pai as trazia de uma cidade próxima. No dia a dia, havia somente laranjas, bananas e mamões.

 

Isso foi se modificando com a globalização e com o aumento do nosso poder de compra, claro. O fato é que tenho uma coisa mal resolvida com maçãs até hoje: elas fazem parte das minhas sobremesas favoritas!

 

Fiquei pensando em mandar emoldurar os bordados do jeito como estão... Afinal, eles têm uma história, não é verdade? 



6 comentários:

edna regina disse...

Nossa que bordado maravilhoso,e o gatinho cheio de charme comendo maçã,muito fofo....bjs!!!!

A Casca da Cigarra disse...

Maçã pra gente também era luxinho convalescente! eu gostei muitíssimo dos bordados, e o Rafinha com aqueles cachos é tudo de amor!

Eri disse...

Tenho um amigo que disse recente para mim que quando era criança pensava que maçã era remédio, porque só entrava na casa dele quando tinha alguém doente. Eu nem me lembro dessa dita fruta. A gente morava perto de um sítio e as frutas que entravam na nossa casa vinham de lá: mangas, jacá e caju. Nem gosto de falar que a saudade traz de volta o gosto à minha boca! Lindo o seu bordado e mais lindo ainda a maçazona na boquinha do teu menino.

Get Crafty!!! disse...

É verdade..tem história sim e eu acho que vc deveria colocar do jeito que está. Adorei, são muito lindos, nem parece que estou guardando há tanto tempo assim.

Meus filhos só comem frutas batidas...não sei porque e olha que eu tentei muito quando eram pequenos. Que bom ver que o rafa gosta!

Obrigada pelas dicas, já comecei a fazer os hexies, depois te mostro e vc dá uma nota :D

Beijocas!

♥ Nia disse...

ahhahahaa as "mais preferidas" !!! :D
Os bordados estão lindos!! =)

Gislene Ellery disse...

As frutas da minha infância eram jabuticaba e ata (ou fruta-pão para alguns)..... Hummm eu amava..... É uma ena que quando crescemos deixamos algumas das melhores coisas da vida pra trás.... Aí vem filhos e sobrinhos que nos fazem resgatar essas coisas! Como a vida é bela, nao? :-)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...