segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Linhas Escritas # O Circo da Noite




Dia desses um grupo de amigos do trabalho resolveu criar um Círculo do Livro. Nos reunimos mensalmente para discutir sobre literatura, os livros que temos lido e, mais importante, estamos montando - por meio de doações e aquisições - uma biblioteca que, oportunamente, será doada a algum projeto social.

Já li dois livros do acervo do Círculo e hoje gostaria de apresentar o que mais gostei até agora: O Circo da Noite, da jovem autora americana Erin Morgenstern.

Todo mundo já sabe que tenho uma quedinha pelo realismo fantástico, pelo toque do sobrenatural que torna nossa existência (e dos personagens!) mais mágica e fascinante. Este livro tem mistério e magia, com uma pitada de romance, os ingredientes certos para que eu não tenha conseguido soltar o volume até termina-lo.

E para tornar tudo ainda melhor, o desafio vivido pelos protagonistas se passa num circo! O livro me arrebatou, adorei cada detalhe: do projeto gráfico à pequena confusão gerada pelas idas e vindas da narrativa no tempo.

Texto de divulgação:
O circo chega sem aviso. Nenhum anúncio o precede, nenhum cartaz em postes ou outdoor, nenhuma menção ou propaganda nos jornais locais. Simplesmente está lá, quando ontem não estava. Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar.
Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá. À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam.
Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.”

O livro é diversão pura! Anote aí minha avaliação: I-M-P-E-R-D-Í-V-E-L-!


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...