quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Sneak Peek #2 O Lobisomem


Vocês acharam o Sneak Peek #1 um pouquinho assustador?? =) É um pouquinho mesmo, talvez esse seja o toque divertido, meio burlesco...

Sabem, quando eu era pequena, morando numa cidade também pequena, nós (as crianças) passamos um tempo assustadas com a existência de um lobisomem, que vagaria pelas ruas depois das dez da noite, com uma grande capa preta esvoaçante e longos pêlos que cobriam os olhos.

Um pouco de rosa nunca é demais...
A little bit of pink never is enough...
Era um tempo em que a gente ainda brincava na rua e, quando o relógio da igreja soava nove batidas, o coração ficava aos saltos, dividido entre a vontade de continuar brincando e o medo de ver o lobisomem. Os mais velhos ficavam propagando “teorias conspiratórias”, de que não existia lobisomem coisa nenhuma, que era tudo invenção dos adultos para que estivéssemos cedo em casa...

A gente morria de medo. Ouvíamos uivos e sentíamos cheiros esquisitos de enxofre... Bons tempos...

Meus medos são tão concretos e reais hoje que acabo sentindo uma certa nostalgia do tempo dos medos irreais, dos monstros fantásticos, das quimeras e do que havia para além de 100km.

So freak! lol
Talvez por isso esse projetinho tenha me conquistado: resgata meus mais queridos medos infantis. Mas por hoje chega: já dei pistas demais!

****

Sneak Peek #2 The Werewolf


The Sneak Peek # 1 was a little scary, wasn’t it? =) It was even a little, maybe this is the fun, half burlesque...


You know, when I was a kid, living in a small town, we (the kids) spent time frightened by the existence of a werewolf, who would wander the streets after 10pm, with a big black cape and long flowing hair covering his eyes.

It was a time when we were still playing in the street, and when the church clock sounded nine hits, the heart was jumping, torn between the desire to continue playing and the fear of seeing the werewolf. The older kids were spreading "conspiracy theories" that there wasn't werewolf, it was an invention of the adults that would want to see us early at home...

We lived in fear. We heard shrieks and felt weird smells of sulfur... It were good times...


My fears are so concrete and real today... I just feel a certain nostalgia for the time of unrealistic fears, of fantastic monsters, and the chimeras that were beyond 100km.

This project won me over: it rescues my dearest childhood fears. But it’s enough for today: I have given many clues! lol


4 comentários:

♥ Nia disse...

LOL! Não estava nada à espera desse bordado! hehehe Começamos o halloween mais cedo? :D
Sabes quais são as minhas memórias de lobisomens na minha infância? Telenovelas brasileiras!! hhahaahah Sério, Roque Santeiro e Pedra sobre Pedra, era seguidora assídua quando era pequenita :p hehehhe

Gislene Ellery disse...

Particularmente meus medos eram todos na escola... Nós tínhas pavor da "mulher de algodão" que vivia no banheiro! kkkkk Estudei em um colégio de freiras, onde tudo era muito grande, com pouca luz, corredores imensos e principalmente lugares onde não podíamos entrar. Hoje eu morro de saudades do meu colégio e sempre que posso viajo até lá pra matar a saudade. O melhor é que pouca coisa mudou nesses anos todos, até mesmo a "mulher de algodão" continua a atormentar as crianças de lá...

Adoro lendas urbanas!

To amando seus sneak peeks!!!

Joanita disse...

Já sei o que vai sair daí... mas vou manter o segredo! ;)

Janaina disse...

Uma caveira pirata?! =O
Tô ficando com medooooo...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...